Yustrich

De Flapédia
Ir para: navegação, pesquisa

Conteúdo

Biografia

Yustrich ainda como goleiro

Dorival Knipel nasceu em Corumbá - MS, no dia 28 de Setembro de 1917. Mais conhecido por Yustrich, foi um grande goleiro de clubes cariocas, mas se notabilizou como um técnico famoso por sua exigência e por seu temperamento explosivo, tendo protagonizado diversas histórias que fazem parte do folclore do futebol brasileiro.

Ele começou no futebol aos 18 anos como goleiro do Flamengo, onde jogou até 1944. Ganhou o apelido de Yustrich por sua semelhança física com Juan Elias Yustrich, famoso goleiro argentino, do Boca Juniors. Neste período, conquistou os títulos cariocas de 1939 e o tricampeonato de 1942/1943/1944, ano em que se transferiu para o Vasco da Gama, e depois, para o América RJ.

Foi convocado para a Seleção Brasileira para a disputa da Copa Rio Branco contra a Seleção do Uruguai, Brasil 3 x 4 em 24 de Março de 1940, mas não jogou.

Nos anos 1950, se tornou técnico. Não permitia que atletas sob seu comando fumassem, deixassem a barba por fazer e usassem cabelo comprido. Não tolerava atrasos e falta de empenho nos treinamentos. Arrogante e de temperamento explosivo, gostava de exibir sua valentia. Era chamado de Homão por causa de sua alardeada macheza e pelos seus quase 1,90 m de altura e seu físico avantajado ou, segundo um cronista esportivo, paquidérmico. Envolvia-se em constantes atritos com jogadores, colegas, dirigentes e a imprensa.

Yustrich já como treinador

Iniciou-se na nova função pelo América Mineiro em 1946. Treinou o Atlético Mineiro entre 1951 e 1953, de onde foi expulso pelos jogadores. Depois, foi para Portugal treinar o Porto. Lá, após um jejum de 16 anos, foi campeão da Liga e da Copa portuguesas. No entanto, dois anos depois, foi dispensado, por ter se desentendido com um dos jogadores, Hernani.

Depois, treinou ainda o Villa Nova MG, o Vasco da Gama, passou novamente pelo Atlético MG e pelo modesto Siderúrgica. Yustrich se tornou técnico da Seleção Brasileira por uma única partida e de uma maneira peculiar. Em 19 de Dezembro de 1968, o Atlético MG foi convidado a representar o Brasil em um amistoso contra a antiga Iugoslávia. Vestindo a camiseta canarinho, o Galo venceu por 3 x 2.

Em 1970, Yustrich foi para o Flamengo cercado de grandes expectativas e começou o ano arrasador. Em fevereiro, pelo Torneio Internacional de Verão do Rio de Janeiro, a vitória de 6 x 1 sobre o Independiente da Argentina, com cinco gols no primeiro tempo, deixou a torcida empolgada com o novo treinador. Mas os resultados seguintes decepcionaram. No ano seguinte, com apenas oito vitórias em 25 partidas no primeiro semestre de 1971, a diretoria rubro-negra atribuiu a má fase do clube aos métodos rígidos de Yustrich e optou por demiti-lo.

Mas o fato mais marcante de sua passagem pelo Flamengo foi vivido fora de campo. Convencido de que seria convocado para comandar a Seleção Brasileira, caso João Saldanha, que estava em baixa, fosse demitido, Yustrich começou a carregar nas críticas ao treinador. Saldanha entrou armado de revólver na concentração do Flamengo, mas Yustrich não estava no local. Este gesto colocou Saldanha na berlinda e bastou um empate da seleção com o modesto time do Bangu, para que fosse demitido. Foi substituído por Zagallo. Curiosamente, uma derrota para o mesmo Bangu foi a gota d'água para sua demissão da Gávea.

O Homão ainda treinou clubes como o Corinthians, o Coritiba e o Bangu. Passou também pelo Cruzeiro, onde encerrou sua carreira em 1982. Foi um dos fundadores e primeiro secretário do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol em 1939.

Foi homenageado pelo Flamengo dando seu nome a escolinha do clube em Cuiabá, capital do Mato Grosso.

Dados

Nome Completo: Dorival Knipel
Apelidos: Yustrich e Homão
Nascimento: 28 de Setembro de 1917
Local: Corumbá - MS
Falecimento: 15 de Fevereiro de 1990
Local: Belo Horizonte - MG
Posição: Goleiro
Nº de Jogos: 197

1º Jogo: 27 de Outubro de 1935 (Flamengo 2x1 Modesto-RJ)

Período como técnico:

  • De 18/01/1970 até 25/05/1971

Primeiro Jogo: 18 de Janeiro de 1970 (Flamengo 1x1 América Mineiro)
Último Jogo: 25 de Maio de 1971 (Flamengo 1x2 Bangu)

Histórico

Jogador

Anos Time
1935-1944 Flamengo
1944 Vasco da Gama
1945 América RJ
1940 Seleção Brasileira

Títulos

Jogador

Flamengo

Boca Juniors

  • Campeonato Argentino: 1935

Treinador

Flamengo

América Mineiro

  • Campeonato Mineiro: 1948
  • Torneio Quadrangular de Belo Horizonte: 1948

Atlético Mineiro

Porto

  • Campeonato Português: 1956
  • Taça de Portugal : 1956 e 1958

Bangu

  • Torneio Triangular Internacional da Áustria: 1961

Siderúrgica

  • Campeonato Mineiro: 1964

Cruzeiro

Estatísticas

Jogador

Ano Jogos Gols Marcados Assistências Cartões Amarelo Cartões Vermelho
1935 6 0 ? ? ?
1936 41 0 ? ? ?
1937 28 0 ? ? ?
1938 11 0 ? ? ?
1939 20 0 ? ? ?
1940 34 0 ? ? ?
1941 46 0 ? ? ?
1942 12 0 ? ? ?
1944 1 0 ? ? ?
Total 197 0 ? ? ?

Técnico

Ano Jogos Vitórias Empates Derrotas Aproveitamento
1970 64 36 15 13 64,06%
1971 29 09 13 07 45,98%
Total 93 45 28 20 58,42%

Links Externos

Ver também

Ferramentas pessoais
Espaços nominais

Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas