Renato Portaluppi

De Flapédia
Ir para: navegação, pesquisa

Conteúdo

Introdução

Renato Portaluppi (Vespasiano Corrêa - RS, 9 de Setembro de 1962) é um famoso ex-jogador de futebol que atuou brilhantemente como atacante entre os anos de 1982 e 1999, tendo inclusive defendido o Flamengo por quatro vezes durante a carreira de jogador. Depois de pendurar as chuteiras, assumiu a carreira de treinador.

Dados

Nome Completo: Renato Portaluppi
Apelido: Renato Gaúcho
Nascimento: 9 de Setembro de 1962
Local: Vespasiano Corrêa - RS
Posição: Atacante

Nº de Jogos: 213
Nº de Gols: 68

1° Jogo: 22 de Fevereiro de 1987 (Flamengo 2x2 Uberlândia)

Carreira

Como Jogador

RenatoGaucho.jpg

O ponta-direito que fez história no Grêmio na conquista do Mundial de 83, Renato Portaluppi, era a estrela que o Fla precisva para voltar a brilhar no final dos anos 80. Renato Gaúcho, que começou sua carreira no Clube Esportivo Bento Gonçalves. Lá, chamou a atenção dos gremistas, e foi para o tricolor, onde foi destaque da conquista do Mundial Interclubes.

O atacante desembarcou na Gávea em 87, e não deixou a desejar. Fez partidas inesquecíveis, formando grande dupla de ataque com Bebeto, e ajudou o Fla a ser campeão brasileiro em 1987 e da Copa do Brasil em 1990, após voltar da Roma, afirmando: "Não me importo em perder dinheiro. Troco a tristeza pela felicidade de vestir o Manto Sagrado."

Renato jogou não jogou Fla por um período de tempo contínuo. Sua primeira passagem pela equipe da Gávea foi em 1987, e ficou apenas até 1988, quando foi para a Roma. Após voltar da Itália, atuou no Flamengo novamente, em 1989 e 1990. Depois disso, foi para o arqui-rival, Botafogo, e lá ficou até o 1992, quando se transferiu para o Cruzeiro. De Minas, voltou para a Gávea, onde ficou apenas um ano. Depois, jogou ainda por Atlético-MG e Fluminense antes de sua última passagem pelo Flamengo, nos anos de 1997 e 1998. Nessas idas e vindas, marcou 68 gols em 213 partidas.

O jogador acabou sendo também carrasco do Fla, em 1995, quando fez, de barriga, gol inesquecível que atormenta os rubro-negros até hoje, pelo Fluminense, na final do Campeonato Carioca daquele ano. Foi treinador do Vasco, vice campeão da Copa do Brasil no ano passado, perdendo para o Fla na final. E, atualmente, treina o Tricolor das Laranjeiras. Renato também ficou marcado na cabeça dos rubro-negros por um drible memorável que tomou do Maestro Júnior, na final do Brasileiro de 1992, quando jogava pelo Botafogo. Abandonou os gramados no ano de 1999, quando já tinha 37 anos de idade.

Histórico

Anos Time
1981-1987 Grêmio
1987-1988 Flamengo
1988-1989 Roma - Itália
1989-1990 Flamengo
1991-1992 Botafogo
1992 Cruzeiro
1993 Flamengo
1994-1995 Atlético-MG
1995-1997 Fluminense
1997-1998 Flamengo
1999 Bangu
1983-1993 Seleção Brasileira

Títulos

Flamengo

Grêmio

Cruzeiro

Fluminense

Seleção Brasileira

  • Copa América: 1989
  • Copa da Amizade: 1992

Prêmios

Estatísticas

Ano Jogos Gols Marcados Média
1987 57 12 0,21
1988 26 6 0,23
1989 13 2 0,15
1990 50 20 0,40
1993 36 21 0,58
1997 20 7 0,35
1998 9 0 0,00
Total 212 68 0,32

Como Treinador

Como treinador, Renato começou a carreira Madureira, no ano de 2000. Treinou também o Fluminense, de 2003 a 2005, quando foi para o Vasco, onde ficou até o início de 2007, período em que perdeu a Copa do Brasil para o Flamengo. Mais tarde ainda retornaria às Laranjeiras ganhando finalmente uma Copa do Brasil, porém, perdendo traumaticamente uma Taça Libertadores no ano de 2008. Ainda naquela temporada, viu o Vasco da Gama, que treinava, ser rebaixado para a Segunda Divisão.

Em 2009 retornou ao Fluminense para uma passagem frustrante, e depois de ficar parado por algum tempo, assinou contrato com o tradicional Bahia, no ano de 2010. Apesar de ter declarado à mídia esportiva o seu desejo de treinar o clube Mais Querido do Brasil, Renato Gaúcho jamais treinou o Flamengo.

Títulos

Fluminense

Links Externos

Ver Também

Ferramentas pessoais
Espaços nominais

Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas