Maria Lenk, primeira atleta brasileira em Olimpíadas - 1932

De Flapédia
Ir para: navegação, pesquisa
A grande nadadora Maria Lenk

História

Maria Lenk, grande nadadora do Clube de Regatas do Flamengo, foi a primeira mulher da América do Sul, a participar de uma Olimpíadas, isso aconteceu em 1932 nas Olimpíadas de Los Angeles quando tinha apenas 17 anos e disputou as provas de 100m livre, 100m costas e 200m peito. Na época as atletas sofriam de enorme preconceito para praticar esportes.
Ainda em 1932, Maria junto com outros 68 atletas da equipe brasileira custearam a viagem para competir nas Olimpíadas de Los Angeles vendendo o café que levaram no porão do navio.
Não conseguiu ganhar medalhas em Olimpíadas, mas é considerada pioneira da natação moderna, foi responsável pela introdução do nado borboleta, quando o nadou nas Olimpíadas de 1936 em Berlim, em uma prova de peito.
Maria Lenk estava em grande forma para as Olimpíadas de 1940 em Tóquio e brigaria pela medalha de ouro, já que no ano anterior havia batido os recordes mundiais dos 200 e 400 metros peito, isso tudo sem técnico e com seus próprios métodos de treinamento. Mas com o início da Segunda Guerra Mundial em 1939, a Olimpíadas é cancelada e o sonho de Maria acaba não se concretizando.

Ver também

Ferramentas pessoais
Espaços nominais

Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas