Leônidas da Silva

De Flapédia
Ir para: navegação, pesquisa

Conteúdo

Biografia

Zizinho e Leônidas - O Globo Esportivo

Leônidas da Silva (Rio de Janeiro, 6 de Setembro de 1913Cotia, 24 de Janeiro de 2004), "Leônidas era um mágico do futebol", disse o jornalista Mário Filho. E com toda a razão, o "Diamante Negro", nome imortalizado em um chocolate vendido até hoje, é um dos maiores nomes da história do futebol brasileiro. Leônidas da Silva, também conhecido como "Homem Borracha", devido a sua elasticidade em campo, e inventor da bicicleta, era capaz de criar grandes jogadas e produzir momentos inesquecíveis aos que o assistiam. O craque foi um dos motivos para a meteórica popularização do Flamengo. Chegou ao Rubro-Negro em 1936 contratado junto ao Botafogo quebrando um tabu no clube que não tinha muitos negros.

Nascido em São Cristóvão, zona norte do Rio de Janeiro, Leônidas começou sua carreira no infantil do São Cristóvão, passando posteriormente por Sírio Libanês, Bangu e Peñarol do Uruguai. De lá foi para o Vasco e depois para o Botafogo, porém foi no Fla que ele se consagrou. Artilheiro dos cariocas de 1938 e 1940, e principal jogador na campanha do título de 39 - que pôs fim a um jejum de nove anos sem título para o clube da Gávea - o jogador marcou 153 gols em 149 partidas pelo rubro-negro.

Da Gávea Leônidas mudou-se para o São Paulo em 1942. Pendurou as chuteiras em 1951, deixando órfã uma geração que o tinha como grande ídolo. Depois de abandonar os gramados ainda continuou ligado ao esporte, foi dirigente do São Paulo, logo depois virou comentarista esportivo sendo considerado por muito um comentarista direto, duro e polêmico chegando a ganhar sete prêmios "Roquette Pinto".

O "Diamante Negro", apelido dado pelo jornalista francês Raymond Thourmagem, da revista Paris Match, maravilhado pela habilidade do brasileiro teve que interromper sua carreira de radialista em 1974 devido a doença do Mal de Alzheimer. Durante trinta anos ele viveu em uma casa para tratamento de idosos em Cotia até morrer em 24 de janeiro de 2004 por causa de complicações relacionadas à doença.

Foi um dos fundadores e primeiro tesoureiro do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol em 1939. O atleta foi homenageado pelo Flamengo dando seu nome a escolinha do clube em Jequié, na Bahia.

Dados

Nome Completo: Leônidas da Silva
Apelido: Homem Borracha e Diamante Negro
Nascimento: 6 de Setembro de 1913
Local: Rio de Janeiro
Falecimento: 24 de Janeiro de 2004
Local: Cotia - SP
Posição: Atacante

Nº de Jogos: 148
Nº de Gols: 151

1° Jogo: 18 de Julho de 1936 (Flamengo 2x4 América-MG)

Histórico

Anos Time
1929 São Cristóvão
1929-1930 Sírio Libanês
1931-1932 Bonsucesso
1933 Peñarol - Uruguai
1934 Vasco da Gama
1935 Brasil RJ
1935-1936 Botafogo
1936-1941 Flamengo
1942-1950 São Paulo
1931-1940 Seleção Carioca
1942 Seleção Paulista
1932-1946 Seleção Brasileira

Títulos

Flamengo

Vasco da Gama

Botafogo

São Paulo

Seleção Carioca

Seleção Paulista

  • Campeonato Brasileiro de Seleções: 1942

Seleção Brasileira

Prêmios

Estatísticas

Ano Jogos Gols Marcados Assistências Cartão Amarelo Cartão Vermelho
1936 26 24 - - -
1937 32 31 - - -
1938 29 35 - - -
1939 25 19 - - -
1940 35 44 - - -
1941 2 0 - - -
Total 149 153 - - -

Registros

Artilheiros

TOP 20

7º Maior Artilheiro com 153 gols
Artilheiro da Década

Década 30 - Século XX

Artilheiro da década com 153 gols








Links Externos

Ver também

Ferramentas pessoais
Espaços nominais

Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas