José Bastos Padilha

De Flapédia
Ir para: navegação, pesquisa

Introdução

José Bastos Padilha foi presidente de 1933 a 1938, quando renunciou. Durante sua gestão, o Flamengo abre definitivamente as portas para jogadores negros, contratando os maiores jogadores do futebol brasileiro da época: Domingos da Guia e Leônidas da Silva. Isso serviu e muito para aumentar a já grande popularidade do Flamengo.

Em 1937, contrata um técnico húngaro para dirigir o time, Dori Krueschner, o que causou grandes problemas para ele, devido a oposição que muitos faziam ao treinador. No mesmo ano, os clubes se unificam no profissionalismo e deixam de existir cisões no futebol carioca. Também em 1937, o Flamengo cria seu segundo uniforme. Contrata os jogadores argentinos Villa, Arcádio Lopez e Valido, sendo que este entraria para a galeria de craques do rubro-negro. Melhorou o clube socialmente e construiu a sede da Gávea, inaugurada em 4 de Setembro de 1938, na qual existe até hoje um estádio que leva seu nome.

Em sua gestão, o Flamengo forma uma das maiores equipes de natação que o Brasil já conheceu. O futebol voltou a dar alegrias a torcida e já formava um grande time, que seria campeão mais a frente, porém Padilha vivia às turras com o técnico Flávio Costa. Ele é avô de José Padilha, que ficou internacionalmente conhecido como diretor dos filmes Tropa de Elite, Tropa de Elite 2 e Robocop.


Mandatos : 1933 - 1934 - 1935 - 1936 - 1937 - 1938

Ver também

Ferramentas pessoais
Espaços nominais

Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas