Flapédia:Assumir a boa fé

De Flapédia
Ir para: navegação, pesquisa

Assumir a boa fé (ou presumir a boa fé) é um princípio fundamental em qualquer ambiente colaborativo, assim como em qualquer wiki, incluindo a Flapédia. Como permitimos a edição por qualquer pessoa, assumimos que a maioria das pessoas que trabalham no projeto estão tentando ajudar o projeto, não prejudicá-lo. Se isto não fosse verdade, um projeto como a Flapédia estaria condenado desde o princípio.

Assim, quando puder assumir que algo é um erro bem-intencionado, corrija-o sem simplesmente reverter ou chamá-lo de vandalismo. Quando discordar de alguém, lembre-se que ele provavelmente acredita estar a ajudar o projeto. Considere usar as páginas de discussão para se explicar e dê aos outros a oportunidade de fazer o mesmo. Assim podemos evitar mal-entendidos e prevenir a escalada dos problemas. Seja particularmente paciente com os novatos, que estarão pouco familiarizados com a cultura e regras da Flapédia.

O comportamento irregular de um principiante parece apropriado ao mesmo e habitualmente indica o desconhecimento ou a má compreensão da cultura da Flapédia. É frequente para um principiante acreditar que uma política que não lhe é familiar deva ser alterada para adaptar-se à sua experiência em outro site. Da mesma forma muitos novatos trazem consigo experiência e conhecimentos dos quais esperam respeito imediato. Comportamentos resultantes destas espectativas não são necessariamente malévolos.

Assumir a boa fé é sobre intenções, não sobre ações. Pessoas bem intencionadas cometem erros, e deve corrigi-las quando o fazem. O que não deve fazer é agir como se o seu erro fosse deliberado. Corrija-o mas não castigue-o. Haverá pessoas na Flapédia com as quais não concorda. Mesmo que estas estejam erradas, isso não significa que elas estejam tentando estragar o projeto. Haverá ainda pessoas com as quais achará que é difícil de trabalhar. Isso pode significar apenas que ela não tem determinada afinidade contigo. Não é necessário que atribuamos a um editor ações por má fé, mesmo que essa má fé seja (aparentemente) óbvia. Todas as nossas contramedidas (por exemplo: reverter, bloquear) podem ser realizadas na base do comportamento e não das intenções.

Claro que existe uma diferença entre assumir a boa fé e ignorar as más ações. Se espera que as pessoas assumam boa fé de si, assegure-se de demonstrá-lo. Não coloque o fardo nos outros. Gritar "assuma a boa fé" às pessoas não o desculpa de não explicar as suas ações, e tornar esta não-explicação um hábito irá convencer as pessoas que está agindo de má fé.

Quando uma guerra de edições está acontecendo é fácil esquecermo-nos de assumir a boa fé.

Se assumir a má fé, algumas coisas podem acontecer:

  • Ataques pessoais: Uma vez que tenha realizado um ataque pessoal, o alvo provavelmente irá assumir a má fé. A guerra de edições tornar-se-á ainda mais feia. As pessoas tal como os elefantes, raramente esquecem.
  • Perder de vista a política de ponto de vista neutro. O ideal é fazer os artigos aceitáveis para todos. Cada reversão (em vez de mudança) de uma edição preconceituosa é uma derrota do ponto de vista neutro, não importa o quanto estrondosa a edição foi. Considere descobrir porquê a outra pessoa sentiu que o artigo estava sendo preconceituoso. Então, se possível, tente integrar o seu ponto de vista, mas nos termos que você considera neutro. Se cada lado praticar isto então irão encontrar o ponto de vista neutro ou algo mais ou menos semelhante.

Corrigir o erro de alguém (mesmo que pense que foi deliberado) é melhor do que acusá-lo de mentir porque a pessoa não irá reagir bem à acusação. Corrigir uma frase adicionada que você sabe estar errada é muito melhor do que simplesmente apagá-la.

Esta recomendação não requer que os editores continuem a assumir a boa fé ante a evidência do contrário. Vandalismo, ataques pessoais e guerras de edição podem causar a perda da boa fé.

Ver também


Ligações externas

Ferramentas pessoais
Espaços nominais

Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas