Flamengo x Paulistano - Final do Troféu Brasil Feminino de 1991

De Flapédia
Ir para: navegação, pesquisa

O Jogo

A final, de acordo com a Gazeta Esportiva, reunia duas equipes em situações opostas. O Paulistano lutava pelo tetracampeonato com suas estrelas Cristiana Pinciroli, Heloísa Barros, Renata Neves, Antonella e Camila Pedrosa e ainda Ana Cristina Zablith, irmã de Marina. Já as rubro-negras viajaram na base do entusiasmo, depois de terem recebido ordens da diretoria para desistirem. Porém a palavra desistir não existia na Gávea. O técnico Lula e as meninas tiveram a ajuda da CBDA, que com outra mentalidade bancou a viagem do time rubro-negro.

Apoiado pela torcida, o Paulistano partiu com tudo, contando sempre com a artilheira Cristiana Pinciroli, que fez três gols dos quatro do CAP na decisão, o outro foi de Renata Neves. O Flamengo respondia nos contra-ataques e na velocidade de Júlia Albuquerque, Maninha e da fenomenal Cláudia Alencar, que com quatro gols terminou como a MVP da Final. O jogo foi para o último quarto com 3 a 3 no placar e parecia indefinido. Foi quando o rubro-negro desestabilizou a defesa paulista e fez dois gols relâmpagos, além de Cláudia Alencar, também marcaram Letícia Furtado e Jaqueline.

Equipes

Flamengo 6 x 4 Paulistano

Flamengo: Kátia, Letícia Furtado (1), Jaqueline (1), Patrícia, Cláudia (4), Alice, Gabriela, Adriana, Ana Cláudia, Júlia e Andréia.
Técnico: Lula

Paulistano: Heloísa, Valeska, Cristiana Pinciroli (3), Luciana, Renata (1), Helena, Stephanie, Carla, Camila Pedrosa, Mariângela, Ana Cristina, Antonella e Denise.
Técnico: Eric Bell

Ver também

Ferramentas pessoais
Espaços nominais

Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas