Flamengo 0x0 Fluminense - Final do Campeonato Carioca de 1963

De Flapédia
Ir para: navegação, pesquisa

Conteúdo

História

Goleiro do Fla, Marcial salva o rubro-negro

Segundo Nélson Rodrigues, um dos maiores cronistas esportivos da história, "os vivos saíram de suas casas e os mortos de suas tumbas, para assistir ao maior Fla x Flu de todos os tempos". As palavras, escritas em sua coluna no Jornal O Globo, descreveram bem o sentimento das quase 200 mil pessoas presentes ao Maracanã naquela decisão de Campeonato Carioca.

Em 15 de dezembro de 1963, no encontro do returno entre Fluminense e Flamengo, o estádio acolheu o maior público já verificado em jogos entre dois clubes no mundo, quando as bilheterias registraram 177.656 pagantes. Acrescentando-se a esse número os 16.947 espectadores que não pagaram ingresso, o total foi de 194.603 pessoas, recorde absoluto de público no Maracanã, e também da história do futebol mundial.

Antes de conquistar o titulo, o Flamengo viveu momentos difíceis, inclusive tendo que afastar craques consagrados como Gerson, Jordan e Dida. Em determinado período do primeiro turno, o clube parecia fora da luta pelo titulo de campeão, mas reagiu no segundo turno, e a partir do jogo contra o América, teve uma seqüência de vitórias até a final contra o rival Fluminense, quando sacramentou a conquista.

O Jogo

O maior público da história do Maracanã. Isso quer dizer alguma coisa, certo? A decisão não chegou a ser um primor de técnica. Foi um jogo cheio de nervosismo pela característica decisiva de que, com qualquer resultado, sairia um campeão. Contudo, neste jogo em que mais de 20% da população do Estado da Guanabara esteve presente, ninguém saiu decepcionado. Pelo menos, os rubro-negros não.

Espanhol, do Fla, deixa jogador tricolor no chão

O time da Gávea entrou em campo necessitando apenas de um empate, enquanto os tricolores queriam a vitória. Os dois times disputaram os lances com muito cuidado em todo seu primeiro tempo, com o Flamengo mais preocupado em se defender e o Fluminense querendo o gol, mas sem coragem de se lançar todo a frente, com o natural receio de ser colhido por um contra ataque do adversário.

No segundo tempo, o Fluminense decidiu procurar a vitória a qualquer custo. A equipe entrou em campo com uma tática ofensiva mais declarada, passando a predominar no ataque, enquanto o Flamengo, instintivamente, procurou se manter na defesa.

Os últimos dez minutos foram verdadeiramente dramáticos com os tricolores forçando a defesa do rubro negro que se defendia de qualquer maneira, mas com muita valentia. O jogo estava tão indefinido que a torcida do Flamengo somente começou a comemorar depois do apito final do juiz. Porém, depois que começou, não parou mais. A festa tomou conta da cidade do Rio de Janeiro.

Foi o fim de um jejum de oito anos sem conquistas estaduais. Porém, Marcial, Murilo, Luís Carlos, Ananias, Paulo Henrique, Carlinhos, Nelsinho, Espanhol, Airton, Geraldo e Oswaldo trataram de pôr seus nomes na história, e sagrarem-se campeões cariocas de 1963.

Vídeo

{{#ev:youtube|_uBeLOrNay4}}

Ficha Técnica

Flamengo 0 x 0 Fluminense
Campeonato Carioca de 1963

Data: 15 de dezembro de 1963
Local: Maracanã - Rio de Janeiro
Público Pagante: 177.020 pessoas
Público Presente: 194.603 pessoas
Renda: CR$ 57.993,50

Flamengo: Marcial, Murilo, Luís Carlos, Ananias, Paulo Henrique, Carlinhos, Nelsinho, Espanhol, Airton, Geraldo e Oswaldo
Fluminense: Castilho, Carlos Alberto Torres, Procópio, Dari e Altair. Oldair e Joaquinzinho, Edinho, Manoel, Evaldo e Escurinho

Links Externos

Ferramentas pessoais
Espaços nominais

Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas